Cirurgia Refrativa: Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia

 

Também conhecida como correção visual a laser, a cirurgia refrativa utiliza a luz ultravioleta para remodelar suavemente a superfície da córnea, modificando sua curvatura e os erros refrativos, como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

A cirurgia refrativa é um procedimento considerado simples, que dispensa a necessidade de internação, com anestesia tópica (colírios) e realizado pelo aparelho Excimer Laser. Controlado pelo computador, os pulsos do laser removem tecido da córnea com grande precisão, modificando sua forma. Isto permite a formação de imagem nítida no local adequado da retina.

Dúvidas sobre cirurgia refrativa? Fale com um especialista:

duvidas

Técnicas para realizar a cirurgia refrativa:

Técnica PRK: A técnica realizada para a correção dos erros de refração é chamada PRK, do inglês Ceratectomia Foto-Refrativa, procedimento aprovado nos Estados Unidos pelo FDA (Food and Drug Administration) e no Brasil pelo CFM (Conselho Federal de Medicina), já tendo tratado mais de 1 milhão de pessoas só nos Estados Unidos. Na correção da miopia, a curvatura da córnea muito acentuada é mudada através da retirada de camadas microscópicas tornando-a mais plana. O astigmatismo é corrigido da mesma forma, com o tratamento da córnea no eixo mais curvo. Na hipermetropia o laser remove tecido da periferia, aumentando a curvatura da córnea. O procedimento da cirurgia refrativa leva menos de 60 segundos, a anestesia é feita por colírios e todo o procedimento é indolor. O LASER não penetra no olho para realizar a correção. No pós-operatório pode ocorrer algum desconforto que varia em cada pessoa e a visão se estabiliza após poucos dias.

Se você quiser saber mais sobre cirurgia refrativa, você pode baixar gratuitamente o nosso e-book:

ebook

Técnica LASIK: Outra técnica de cirurgia refrativa utilizada é o LASIK, que consiste da abreviatura do Inglês Ceratomileuse assistida por LASER. A diferença está na aplicação do LASER após o levantamento de uma camada superficial da córnea. Esta é obtida por um aparelho chamado microcerátomo que, após a aplicação do LASER, é reposicionada. A estabilização da visão se dá em poucos dias e está indicada principalmente em correções maiores. Os resultados de estudos de pacientes operados por ambas as técnicas utilizando o nosso LASER (Visx Star) mostraram que mais de 98% apresentaram uma visão acima de 20/40, nível necessário para a obtenção da habilitação de motorista sem óculos.

Técnica Intralase: É uma forma de cirurgia refrativa semelhante ao LASIK, porém não utiliza lâmina para a criação do flap corneano, ou seja, o flap corneano é feito totalmente com laser, sendo mais seguro, menos invasivo e mais preciso.

 

A cirurgia a laser aplica-se à maioria das pessoas desde que satisfaça alguns critérios, como:

  • No mínimo 21 anos de idade;
  • Córneas saudáveis;
  • Estabilidade do grau nos últimos doze meses.

Cirurgia Refrativa Personalizada x Normal

A Cirurgia Refrativa pode ser realizada com técnicas diferentes. A Cirurgia Refrativa Normal é feita com base em um padrão de correção que se aplica à maioria das pessoas. Já a Cirurgia Refrativa Personalizada é programada de acordo com o mapeamento ocular de cada paciente. Essa personalização é importante porque o olho de cada paciente apresenta apresenta características peculiares, pode apresentar mais de uma doença ocular e outras aberrações ópticas.

Se você preferir, pode agendar online uma consulta. Clique:

saiba-mais

Tire suas dúvidas pelo Whatsapp do Doutor

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support